Jogador pede tempo para tratar com Flamengo e não se apresenta ao Grêmio

Atacante de 31 anos negocia período de contrato com clube carioca para definir futuro. Liberado pelos gaúchos, jogador deve acertar rescisão contratual amigável.

Fernandinho ainda tem futuro indefinido para 2017, mas, ao que tudo indica, não deve ser no Grêmio. Liberado pelos gaúchos, ele não se apresenta nesta quinta-feira junto ao grupo gremista. O jogador pediu dois dias dias extras para terminar negociações com o clube carioca. De férias em Pernambuco, o atacante de 21 anos aguarda pela definição para comprar a passagem para o próximo destino.

Com o Grêmio a negociação caminha para uma rescisão amigável entre jogador e Tricolor gaúcho. Com isso, a condição salarial – empecilho de acordo com os cariocas – não mais seria o maior obstáculo para fechar com o Rubro Negro. Uma das dificuldades gira em torno do tempo de contrato: o Fla ofereceu dois anos, enquanto o jogador quer um vínculo de três temporadas.

A vontade de Fernandinho, que agrada ao técnico Zé Ricardo, são trunfos para a negociação avançar. Pelo lado do Grêmio, Renato Portaluppi chegou a dizer que contava com o atacante. O empresário do jogador Hugo Garcia diz que não comenta negociações de seu cliente.

Fernandinho foi emprestado pelo Grêmio até o fim do ano passado, mas com vencimentos divididos entre gaúchos e cariocas. Sem sucesso no clube gaúcho, o atacante se reencontrou no Rubro-Negro, no qual teve participações importantes e marcou quatro gols em 32 jogos.

Enquanto o Flamengo retomou as atividades nesta quarta-feira, o grupo do Grêmio se reapresenta na tarde desta quinta. Coincidência ou não, o Grêmio busca dois atacantes no mercado, depois de se frustrar nas negociações com Kayke e Gabriel Fernandez.

Fonte: GE