Contrato milionário pode trazer reforços de peso para o Flamengo

O Flamengo deu um passo largo, do tamanho de R$ 190 milhões, rumo ao topo do futebol brasileiro. A cifra entrará nos cofres do clube ao longo dos próximos seis anos, em contrato, o maior da história do clube, com cara de presente atrasado de Papai Noel. A empresa tailandesa Carabao Tawandang estampará a marca da bebida energética Carabao nas mangas da camisa rubro-negra, em 2017. E, a partir de 2018, passará a ser a principal patrocinadora.

“Grande passo no sentido de estabelecer com as marcas uma parceria estratégica que vai além de um patrocínio de mídia. É uma parceria onde a gente ganha junto com o crescimento dos resultados do nosso parceiro. Trata-se de uma empresa que já está na Europa, em vários países”, disse o vice de marketing do Flamengo, Daniel Orlean, ao site Globoesporte.com.

“Esse é um trabalho que vem sendo feito há alguns meses pelo nosso time de executivos, e acreditamos que é um marco não só na história do Flamengo, mas também na história do futebol brasileiro, porque é o maior patrocínio que a gente percebe”, emendou. O contrato ainda precisa ser aprovado pelo Conselho Deliberativo do clube.

De acordo com o contrato, o Flamengo receberá R$ 15 milhões em 2017. A partir do ano seguinte, quando a empresa tailandesa se tornar a patrocinadora master, o valor subirá para R$ 35 milhões anuais. Atualmente, a Caixa Econômica paga R$ 25 milhões pelo espaço — o valor pode ser reajustado na renovação que está em curso.

Desde que assumiu para seu primeiro mandato, em 2013, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, tem a responsabilidade fiscal e o saneamento das finanças como prioridade. Com o aumento das receitas, a expectativa é que, cada vez mais, sobre dinheiro para ser investido no futebol, sem que o clube precise descumprir as suas obrigações.

Fonte: O Dia