Camisa 10? Diretor do Flamengo afirma que tendência é que Conca vista a 11

A numeração oficial da equipe carioca para a temporada 2017, no entanto, só será oficializada após entendimento dos jogadores com os departamentos de Marketing e Futebol. As informações são do jornal Extra.

Ainda a procura de reforços para a disputa da Conmebol Libertadores Bridgestone e das outras competições da temporada 2017, a diretoria do Flamengo começa a ser questionada sobre os números que os novos jogadores usarão. Em entrevista ao jornal Extra, Flavio Godinho, vice-presidente de futebol do clube, afirmou que o argentino Darío Conca deve vestir a camisa 11, enquanto Diego provavelmente seguirá com a 35.

“Não está confirmado ainda, mas tem boa chance de isso acontecer”, afirmou o dirigente ao diário carioca. Na última Copa Sul-Americana, Diego vestiu a camisa 10, com a ausência por lesão do meia Ederson, que deve retornar aos gramados no começo de 2017. Vale lembrar que em todas as competições continentais, incluindo a Libertadores, os jogadores só podem ser inscritos pelos clubes com os números de 1 a 30.

Conca, que ficou marcado por vestir a camisa 11 no Fluminense, deve herdar a camisa que era usada por Emerson Sheik. Ainda segundo a publicação, a numeração fixa dos dois e de todo o elenco só será oficializada após entendimento dos jogadores com os departamentos de Marketing e Futebol.

Vale lembrar que a última vez que o Flamengo disputou a Copa Libertadores Bridgestone foi na temporada 2014. Na ocasião, a camisa 10 ficou com o então recém-chegado argentino Lucas Mugni, enquanto a 11 foi usada pelo jovem Negueba.

Fonte: FOX Sports