Presidente do Flamengo admite que Pacaembu pode ser a casa do clube na Libertadores

O presidente rubro-negro lembrou a boa experiência que o clube carioca teve neste ano, quando mandou jogos no estádio, que, hoje, não tem um dono. “É possível. Nas fases posteriores, o Flamengo considera o Pacaembu uma das novas casas. Nossa experiência foi tão boa que devemos repetir independente da Libertadores ou não”, disse Bandeira.

Com o Palmeiras jogando no Allianz Parque, o Corinthians na Arena Itaquera e o São Paulo no Morumbi, quem mais vinha se apropriando do local era o Flamengo, que venceu as partidas contra o Figueirense e Santa Cruz pelo Campeonato Brasileiro. O time também jogou o clássico contra o Fluminense, pelo Campeonato Carioca, em que terminou 0 a 0.

O Flamengo ainda aguarda o imbróglio envolvendo a nova empresa que fará a gestão do Maracanã para saber como serão as normas de utilização do estádio. Recentemente, Bandeira afirmou que só vai usar o local caso seja vantajoso para o clube e também torcedores.

Ao mesmo tempo, o Rubro-Negro acertou uma parceria com a Portuguesa-RJ e terá à disposição a Arena da Ilha, que este ano foi usada pelo Botafogo no Campeonato Brasileiro.

O Flamengo estreia na Libertadores de 2017 no dia 8 de março, às 21h45 (horário de Brasília), contra o San Lorenzo, em casa, pelo Grupo 4. Até lá, Bandeira de Mello terá tempo para definir o palco: Maracanã, Arena da Ilha ou o Paca mais uma vez.

Fonte: Torcedores.com